PORQUE MOLDARCI?

A princípio, por uma necessidade. A ideia inicial, há um ano atrás, era criar um blog onde pudesse através de dicas ajudar as pessoas a encontrarem looks bonitos a baixo custo e com isso mostrar que ter uma imagem harmoniosa e que nos traga bem estar nem sempre está ligado a poder aquisitivo.

Porém, desde o lançamento inicial do Blog, com o primeiro nome “Menina Feia”, tudo aconteceu muito rápido e o foco foi se perdendo.  Houve a necessidade de explicar muitas vezes o porque do nome e entendi entendi que meu objetivo era maior que simplesmente mostrar roupas de preço baixo, eu precisava mostrar um pouco mais de mim, da minha história e do que me trouxe até aqui.

Então, o blog mudou de nome e passou a se chamar “Blog da Sil”, mais pessoal e menos pejorativo, mas ainda assim não expressava o que realmente era o objetivo de todo esse trabalho. Por isso, depois de muito pensar, ler bastante, observar referências e, claro, não posso deixar de mencionar, um aprofundamento no meu processo de desconstrução do pensamento machista, escolhi um novo nome e com ele um novo sentido.

MOLDAR por si só, todos sabem o que significa, aliás é uma das primeiras coisas que aprendemos na vida, lá na infância quando nos dão massinha de modelar para treinarmos todos os nossos sentidos e desenvolvermos a criatividade.

A massinha de modelar nos ensina sobre o tato, sobre as cores, sobre o cheiro e o gosto, porque claro que nós já colocamos na boca, não é mesmo?! Mas, sobre tudo ela nos ensina criatividade e controle. É com ela que aprendemos que todas as coisas tem formas e cores e que nós podemos “reproduzir” todas essas coisas com um pouquinho de paciência e observação.

Mas, sabe onde acredito que está a falha? Nos ensinam a copiar outras formas, a fazer uma flor ou um cachorro, reproduzir tudo aquilo que já tem forma e conhecemos. Ninguém nunca nos ensinou que podemos criar formas novas, coisas que nunca foram vistas nem imaginadas. Ou, mesmo que podemos chamar de flor ou de cachorro qualquer forma que criarmos e que expresse para nós aquele sentido.

Bom, foi o que eu aprendi com a Consultoria de Imagem, durante muito tempo apenas tentava reproduzir em mim as imagens que via na TV, nas revistas, nas redes sociais e até mesmo nas pessoas do meu convívio, eu olhava pra elas e queria ter as mesmas formas, as mesmas cores, até os trejeitos e, isso, era muito difícil e frustrante.

 E eu entendi que não precisa ser assim, eu sou uma forma única! De uma cor única! Com ideias e pensamentos  e sentimentos únicos. Eu sou algo nunca imaginado por  ninguém e a cada dia que passa minhas células se renovam e eu continuo sendo essa metamorfose única.  Eu sou como uma massinha de modelar que todo dia pode ser uma coisa nova, mas para isso eu precisei aprender a ME MOLDAR.

Daí o nome MOLDAR, seria MOLDAR-SE, verbo pronominal, que significa adequar-se, adaptar-se, e é nesse ponto onde está a chave de tudo, MOLDAR-SE A SI MESMA, não a formas e padrões já existentes, entender, aceitar e se ENCAIXAR  na sua própria forma.

E, por fim, um trocadilho com a Consultoria de Imagem – CI, então ficou MOLDAR CI.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: